Pular para o conteúdo principal

Invictus


Poema de William Ernest Henley (1849 - 1903)

Do fundo desta noite que persiste
A me envolver em breu - eterno e espesso
A qualquer Deus - se algum acaso existe
Por minha alma insubjugável agradeço

Nas garras do destino e seus estragos,
Sob os golpes que o acaso atira e acerta,
Nunca me lamentei - e ainda trago
Minha cabeça - embora em sangue - ereta

Além deste oceano de lamúria
Somente o Horror das trevas se divisa;
Porém o tempo, a consumir-se em fúria,
Não me amedronta, nem me martiriza.

Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma
Eu sou dono e senhor do meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma;





Poema Invictus Original (inglês)

Out of the night that covers me,
Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds and shall find me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishment the scroll,
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Semântica de forças

Acredito que a força do espírito se esconde no fraco de nossas personalidades. Não se trata de uma questão de certo mas de conhecer o significado da palavra. O contrário de coragem é covardia, o homem sínico por oposição é irônico, afirmamos ou negamos, mas personalidade não se nega, você tem ou não tem. 
Não quero ser contra meu próprio jeito de agir e me esconder na fortaleza do medo que ilude aquele que sabe jogar com as cartas que não tem na mão. Tenho que acreditar que possuo a determinação que me constrói forte e me prepara contra as várias negações que preciso enfrentar. Teste sua fé e saberá se é forte contra os homens de má fé. Desafie seus medos e saberá se sua coragem é determinada o suficiente para fazer você se conhecer.
A força do levantar trabalha o fato de você estar caido e precisar levantar para seguir em frente.Vista-se de pretensões de levantar com determinação cada manhã, se ainda queres deitar-se com satisfação a cada noite. Concentre-se no que te domina e lute con…

Função Fática

Aconteceu...e agora o passar e o repassar das memórias antigas são a melhor medicina contra essa tal saudade. Se eu apenas pudesse te ver, tudo ficaria bem...

Eu era bom em te fazer rir e chamava atenção sempre que o seu time favorito não ia bem. Falávamos de nossos amores e de como não tínhamos nada haver com nenhum deles, eu ria e os palpites na conversa duravam até a bateria do telefone acabar ou o sinal cair.Né?! Agente falava em se ver, de pular, de ser convidado para ir ao cinema, clube, restaurante e de ter um cotidiano, eu gostava do seu jeito de falar. Temos até um apelido para chamar o outro... Mas a culpa de ter começado é sua, por ser educada! rsss Nunca pensei que nós estaríamos aqui, pretensões cegas escondiam um sentimento mas eu não consegui fazer você ver isto...Não conseguia fazer você ver.

Todas as coisas que quero dizer não estão saindo direito e estou tropeçando nas palavras já que você deixou minha mente girando... Se eu pudesse te ver...

Existe algo sobre você agor…

retrato fiel

Por muitos meses não encontrava fonte de inspiração para falar de mim mesmo.  Meus textos sempre foram retratos fieis de etapas da vida do meu eu em construção que resolveu sentir muita coisa pra encontrar seu próprio caminho. Impaciência pra falar de mim mesmo...necessidade de me privar de prazeres e a auto-punição que me torna frio, indiferente, me protege e me disciplina. Embora um enorme orgulho e realização habite meu peito, minha liberdade de escolha me concede o benefício de remanescer em silêncio. Sem palavras e com a voz rouca, me edifico e faço plantão no protesto contra a indiferença, a saudade do que jamais tive, a história que ainda vou contar, o mundo que não é meu, mas vou conquistar!!