Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Ascensão

Confesso que não me encontro na melhor época para fazer o uso de palavras otimistas e de superação. Assim como muitos, estou refém de um tempo que não tenho, da decisão que não me cabe.  Vai ver o medo é mais assustador quando disperso, indistinto, desvinculado, difuso daqueles medos que possuem endereço fixo e nos assombram com as possibilidades sempre incertas, inseguras e sem justa causa. São em momentos como estes que nosso espírito é posto a prova de balas, acusações, argumentos e resultados. Não será da exclusividade dos ótimos resultados que teremos vergonha das péssimas escolhas. É mais provável que a constância de tantas mentiras bem sucedidas confortem a maioria e desagradem aqueles que tem diferentes aspirações. Sinto que de alguma forma somos guiados por valores que poucos acreditam e a pergunta é sempre se vale a pena pagar um preço tão alto. Não pense no assunto como se fosse algo chato e visseral que apenas os pertubados comentam em seus momentos de intimidade. Digo qu…